domingo, abril 25, 2010


"Jogo do contente"

1
Ontem, terminei de ler uma adaptação do clássico de Eleanor Porter, Poliana. Muito bom. Conta a história de Poliana, menina órfã, mas muito alegre, que consegue enxergar felicidade nas situações mais difíceis, através do jogo do contente. Ela aprendeu esse jogo com seu pai. Em um natal, Poliana ganhou um presente que não queria ganhar: um par de muletas, ao invés de sua tão sonhada boneca. Ficou indignada e triste, mas seu pai disse-lhe que ela devia estar feliz por não precisar usar as muletas. A partir desse fato, ela passou a encarar os problemas de uma outra forma: ao invés de reclamar, ver o lado bom das situações difíceis. A palavra de Deus, diz-nos em I Tessalonicenses  5: 18:   "Em tudo dai graças; porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco".  Ao invés de reclamarmos dos momentos adversos que nos aparecem, vamos agradecer pelo que Deus tem-nos dado: Sua bondade, misericórdia, Seu amor, etc. Deus é muito bom, abençoa-nos, mesmo nós não merecendo. Pense nisso.

por L. M. B.

1 comentários:

Sérgio disse...

Muito interessante Lorena, ver o lado bom das coisas é necessário... Pessimismo, reclamação...ahhh... passe longe de mim. Acho que~vai ser muito difícil alguém me ver de mau humor... Estou adorando acompanhar suas postagens... sempre algo reflexivo e proveitoso. Parabéns!!

Do amigo...
Sérgio Ferreira

Postar um comentário

Olá, obrigada pela visita ao meu blog, deixe um comentário para que eu saiba o que você achou da postagem.

Que dia é hoje?